segunda-feira, 25 de março de 2013

Sentido da vida



Questionar-se qual o sentido da vida tem sido cada vez mais raro, senão algo considerado desprezível, uma linguagem de auto-ajuda.
Cada vez mais o ser humano cria disfarces para encobrir suas loucuras, suas paranóias; qualquer coisa simples se torna um vulcão pronto para atirar fogo a quem se aproximar.
O medo consome, a saúde desfalece, a agressividade evolui, a proteção emocional fica à deriva. Seres solitários se tornam perigosos e aqueles que andam em grupos levantam bandeiras para se sentirem pertencentes a algo.
Onde ficaram os desejos e projetos de vida? Onde se esconderam as perguntas?
Estudos na neurociência sobre o pensamento holográfico mostram que o ser humano em breve não necessitará de aparelhos para comunicação á distância. Poderemos estar a quilômetros uns dos outros e os pensamentos serão “de todos”.
Mas qual a qualidade deste pensamento “de todos”?
Seremos contaminados pelos pensamentos negativos de outras pessoas?
Teremos forças para criar um pensamento positivo em prol da vida que se mantenha acima das crises?
Mas para que pensar nisso tudo agora? Estou com tanta pressa, preciso correr e fazer minhas inúmeras tarefas, pensar na vida e no que será no futuro... Vamos deixar para depois...
Depois pode ser tarde demais! Será tarde demais!
Vamos iniciar agora mesmo um circuito potencialmente ágil e útil para criar mecanismos de interiorização e repensar ações, recriar novos hábitos.
Permita-se libertar de seu próprio cárcere que o atormenta cotidianamente e faça parte de um movimento, uma sintonia humana que possa trazer alegria e o fim dos conflitos para que possa haver um convívio, um sentido no planeta de terra e em nossas vidas.
Não somos perfeitos, mas podemos buscar o caminho da perfeição através de novas alternativas para superar as crises existentes e as que virão.
Que tipo de pensamentos vamos cultivar?
Que tipo de pensamento já estamos criando?
Vamos Pensar nisso!?


Um comentário:

  1. Gostei muito da reflexão! Oxalá possamos nos conscientizar que a responsabilidade é de todos e de cada um de nós. Parabéns!!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário.
Muito Obrigada!!!