sábado, 2 de fevereiro de 2013

Educando Filhos





É mais fácil dirigir uma mega empresa com milhares de funcionários do que educar uma criança, principalmente no momento atual.

As crianças modernas estão muito mais conectadas, são capazes de registrar mais de 10 mil vezes por dia imagens do ambiente, gestos, relações dos pais...

Inúmeros estudos mostram o poder da palavra e a importância de falar adequadamente com os filhos, mas se esquecem que eles estão nos observando continuamente, fotografando cada ação, cada situação em seus meros detalhes, que, aos olhos de um adulto não seria perceptível.

O que um adulto expressa diante de uma criança? Você já parou para  analisar seu comportamento e o que eles vêem de você e em você?

O poder da palavra é comprovado, e o da imagem merece tanto quanto, senão superior atenção.

Educar está em segundo plano e isso nos traz conseqüências à longo prazo.

É necessário trabalhar a análise da auto-imagem, praticar a tolerância pacientemente.

Incentivar nossos pequenos a uma leitura saudável, aquela em que possam encarar o livro de suas próprias histórias. Como ensiná-los sobre sentimentos, a chorar se sequer são demonstradas as dores, os motivos das lágrimas ou ausência delas.

Para formar novos seres humanos é necessário o incentivo a criatividade, o acesso às emoções, tudo regado a carinho e admiração, para que os tornem seres pensantes e não com pensamentos repetitivos, programados, meros robôs.

É preciso tempo, qualidade neste tempo disponível, afeto e dedicação profunda.

Comece a prestar mais atenção às suas condutas e caso não esteja enviando bons registros... mude...

...porque quando você muda, seu mundo muda também!!!

2 comentários:

  1. é exatamente o que penso sobre educação infantil, permitir que elas pensem por si sem impor nossos conceitos tão ultrapassados, mas ao mesmo tempo trasmitir sólidos valores. estou te seguindo, bjs

    http://eubipolarbuscandoapaz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário.
Muito Obrigada!!!