terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Desistir


Quando tudo parece estar pronto, 100% certo, acontece algo inesperado e tudo aquilo que era certo já não é mais.

E como reagir? 
Como agir a esta situação? 

Em um primeiro momento replanejar parece loucura, desistir é a postura mais adequada, ou talvez, a mais covarde ação que terá com você mesmo.

Na circunstância causadora da desilusão, da perda, do fracasso; nem sempre haverá apoio. Muitos vão rir, ou até te punir.

Principalmente se dentre estas pessoas estiver aquelas arrogantes, materialistas, pessimistas, que crêem saber tudo e que o mundo vive por ela, para ela, tudo por conta do cargo que ocupa, das marcas que veste e consome, dos bens que possui ...

É um momento delicado...

Mas ouça seu coração. 

Por maior que seja a dor levante seus olhos, rogue por conforto, restabeleça suas forças, faça uso das ferramentas e conhecimentos que possui à seu favor, busque a coragem que vem do fundo, enfrente seus medos, bloqueios e ACREDITE em você, em seu potencial em seus valores.

Ouça sua intuição e vá ao encontro de tudo que puder para levantar e recomeçar com dignidade, serenidade de espírito e com a chama do desejo acesa.

Não desista de você!!!
Não desista de seus sonhos!!!


2 comentários:

  1. Olá amiga Viviane. Desistir... nunca. Prosseguir... sempre. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Seeempre Maria José!!! Bjão

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário.
Muito Obrigada!!!