segunda-feira, 25 de abril de 2011

Qualidade de Vida

Muito se fala em qualidade de vida, mas como medi-la? Como saber se a nossa é boa ou má?

Qualidade de vida é um resultado, um efeito causado pelo estilo de vida que o indivíduo tem em sua rotina habitual.

Muitos são os elementos que influenciam diretamente, como: trabalho, família, ambiente, sociedade, lazer, atividade física, sono, alimentação, vícios de todos os tipos e graus, entre outros.

Essas influências podem causar efeitos nada agradáveis como: stress, ansiedade, depressão, insatisfação, alterações de humor, raiva, ódio, ...

E a maneira mais precisa de medir a qualidade de vida é a doença.

Analise qual o nível de doença em sua vida e terá sua resposta. Quanto mais doente, menos qualidade de vida, logo, a saúde é o indicador.

Há muitos estudos mencionando a definição de saúde como sendo o bem estar físico, mental e espiritual.

Para melhorar a qualidade de vida é necessária uma mudança de hábitos, onde se estabeleça um equilíbrio entre estas três frentes: Física, Mental e Espiritual.

Caso uma delas não esteja em harmonia, tudo será desregulado e as doenças começarão a aparecer.

Essa mudança de hábito não é algo temporário, é uma nova rotina que deve ser implantada e mantida por toda vida.

Bem, acredito que temos muito trabalho pela frente, então mãos á obra.

Vamos ao encontro de um cotidiano prazeroso e fazer o melhor para que haja o equilíbrio das três frentes que determinam a saúde.

Bom Trabalho!

Um comentário:

  1. Perfeito texto, amiga. Devemos nos preocupar com a qualidade de nossa vida. E isso é bem particular. O que é bom para um, pode não ser para outro. Vou analisar tudo bem direitinho. Beijos e ótimo final de semana.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário.
Muito Obrigada!!!